Colheita mecanizada: como obter a melhor lucratividade

Publicado em 19/03/2020

A colheita mecanizada oferece vários benefícios para os produtores e para a lavoura, como maior agilidade e eficiência nesse procedimento, evitando perdas por colheita tardia e falhas. Além disso, no caso de algumas culturas específicas, como a cana-de-açúcar, a colheita mecanizada também é uma vantagem para a sustentabilidade, já que dispensa processos que antes eram essenciais, como a queimada da cana.

No entanto, ainda no exemplo da cana, as perdas na colheita podem chegar a até 15%, acarretando em prejuízos desnecessários para o produtor. Para contornar essa situação e aproveitar ao máximo os pontos positivos da colheita mecanizada, conhecer técnicas de otimização e redução de perdas é a grande chave.

Confira a seguir quais são os principais desafios da colheita mecanizada, além de dicas preciosas para melhorar a rentabilidade de sua lavoura!

Colheita Mecanizada da Cana de Açúcar

1. As vantagens da colheita mecanizada

Como principal vantagem da colheita mecanizada, temos a otimização desse processo, fazendo com que o trabalho seja realizado em um tempo muito menor do que era praticado na colheita manual. Além disso, os gastos com mão-de-obra também são reduzidos, tendo em vista que serão necessários apenas um ou dois operadores ao invés de diversos colhedores.

Além da redução dos custos e otimização do tempo, em culturas como a cana-de-açúcar a colheita mecanizada também colabora na questão sustentável da lavoura. Isso, porque, ela mantém a palhada na área, o que leva a melhorias nas condições físicas, químicas e biológicas do solo, como discutimos com mais afinco nesta postagem.

E os avanços não param, em feiras anuais de lançamentos tecnológicos, como a gigante AgriShow, novos maquinários e colhedoras são introduzidos no mercado com soluções inovadoras que visam aumento de lucro e rentabilidade para o produtor. No entanto, a taxa de perdas nessa modalidade de colheita ainda são altas, sendo necessário colocar algumas técnicas em prática para reduzir ao máximo esse prejuízo.

Feiras Agropecuárias

2. Dicas para melhorar a rentabilidade e reduzir as perdas na colheita mecanizada de cana-de-açúcar

Confira a seguir algumas dicas de como otimizar a colheita mecanizada em uma cultura específica: a cana-de-açúcar.

  • Comece o planejamento da colheita pelo plantio

Na hora de planejar uma colheita de sucesso, é imprescindível começar a pensar em tudo desde o plantio da lavoura. Isso, porque, a atividade das colhedoras na área influencia diretamente na rentabilidade e na qualidade do produto, podendo aumentar ainda mais os prejuízos.

A velocidade das máquinas pode resultar em um desgaste precoce dos equipamentos, assim como aumentar as perdas e o arranquio das touceiras. Além disso, uma má regulagem e entrada incorreta na área também pode abrir caminho para impurezas que afetem a qualidade da matéria-prima e das soqueiras, interferindo no replantio.

Para evitar todos esses problemas, o ideal é se atentar e planejar antecipadamente o formato dos talhões, o nivelamento da área, a época de plantio e de colheita e selecionar cultivares escalonados. Na hora de definir as etapas e datas do calendário agrícola, também é fundamental considerar as questões climáticas. Neste artigo disponibilizamos um conteúdo interessante que poderá te auxiliar.

  • Momento ideal para a colheita 

Outro ponto crucial para reduzir as perdas na hora da colheita é fazê-la no momento certo de acordo com a cultivar plantada. Em relação a maturação, o ponto de colheita ideal da cana-de-açúcar é quando ela atingir o seu maior teor de açúcar, também chamado de Brix.

A medição do Brix é feita com um aparelho chamado refratômetro. Os dados avaliados devem ser colhidos de três partes da cana, base, meio e ponta do colmo – a partir desses números, deve-se fazer a média e conferir o Brix final.

A colheita deve ser feita quando a média do valor do Brix for maior que 18. Já para encontrar o índice de maturação, o valor do Brix do topo deve ser dividido pelo valor do Brix da base, e multiplicado por 100. Se o resultado desse cálculo for próximo a 1, a colheita deve ser feita.

Estágio de Manutenção da Cana
  • Cuidado com o pisoteio das linhas

O pisoteio das linhas da cana-de-açúcar prejudicam diretamente a produtividade da lavoura. Por isso, o cuidado com o tráfego das máquinas no momento da colheita é muito importante.

Além disso, o planejamento para o momento da colheita será determinante nessa situação, já que em épocas de chuva é preciso evitar ao máximo o pisoteio do solo, tanto por questões de compactação quanto comprometimento das linhas. Para evitar esse tipo de problema, o ideal é configurar as máquinas para que sempre passem em uma única linha sempre que for preciso adentrar a área, evitando sempre as linhas da cana.

  • Escolhas específicas para a colheita mecanizada

Se a intenção é aproveitar ao máximo as vantagens da colheita mecanizada, reduzindo as perdas e otimizando essa etapa, será preciso fazer escolhas específicas para essa metodologia. A cultivar escolhida para o plantio, por exemplo, deve ser adequada para a colheita mecanizada.

O espaçamento das entrelinhas também deve respeitar essa escolha do tipo de colheita, permitindo a entrada e saída das máquinas na área sem comprometer a cultura. Além de todas as dicas e técnicas, também vale a pena estar sempre de olho nas inovações do setor, que apresenta soluções cada vez mais eficientes e benéficas para a qualidade da lavoura e para o lucro do produtor.

Para entender qual a melhor solução para o seu agronegócio, preparamos um artigo com o que você deve saber antes de comprar uma máquina agrícola. Seguindo as dicas que promovemos aqui e lendo os artigos indicados, certamente estará passos a frente para obter a melhor lucratividade.

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Amanda Campos
Amanda Campos
Sou Engenheira Agrônoma especialista em produção e marketing de conteúdo para o Agronegócio. Fundadora da Agro Content.
Linkedin

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.