Como ter ganho de ATR da cana pela administração rural?

Publicado em 09/07/2020

Em administração rural, o uso de instrumentos de análise econômica da cana de açúcar é sempre uma recomendação bastante importante, pois pode representar a diferença entre extrair o máximo lucro da lavoura ou ter que enfrentar prejuízos.

As estimativas de custos associadas à administração rural têm como finalidade proporcionar instrumentos racionais de decisão, através de indicadores gerenciais construídos a partir de uma ampla base de dados.

Dentre vários fatores, a administração rural da lavoura da cana de açúcar tem grande importância para ajudar o produtor a responder uma questão crucial da sua atividade: Como conseguir o máximo ATR durante a colheita da cana de açúcar?

Você quer conhecer a resposta? Então veja em nosso artigo abaixo.

 

O que é o ATR?

O ATR (Açúcar Total Recuperável) da cana representa a qualidade da cana-de-açúcar e a sua capacidade de ser convertida em açúcar ou álcool por meio dos coeficientes de transformação de cada unidade produtiva.

Assim, toda usina amostra a cana antes da recepção na indústria para avaliar a qualidade da cana e, a partir dessa informação, determinar o pagamento ao fornecedor.

ATR da Cana-de-Açúcar

Dessa forma, por meio de parâmetros técnicos previamente estabelecidos, são definidas as seguintes conversões:

  • Um quilo de açúcar equivale a 1,0495 quilos de ATR;
  • Um litro de álcool anidro equivale a 1,8169 quilos de ATR;
  • Um litro de álcool hidratado equivale a 1,7409 quilos de ATR.

Tomando como base essas conversões, as quantidades comercializadas de cada produto da cana de açúcar podem ser convertidas em quilos de ATR.

O valor de ATR, por sua vez, é um cálculo do valor médio da cana-de-açúcar, que é feito a partir dos preços de venda do açúcar e do etanol.

O ATR é uma medida de pagamento de cana calculado em função de alguns parâmetros relacionados à qualidade da matéria-prima como:

  • Pol - porcentagem de oligossacarídeos que corresponde à sacarose;
  • Brix - teor de sólidos solúveis que engloba a sacarose, outros açúcares e sais solúveis;
  • Teor de fibra - que corresponde à celulose, hemicelulose, lignina e todos os materiais não solúveis em água.

Há ainda os parâmetros relacionados à eficiência industrial, tais como a capacidade de extração e a conversão.

Assim, esses fatores da qualidade impactam o valor do ATR, pol e brix positivamente e a fibra negativamente.

 

O cálculo do ATR está sempre atrelado ao preço dos produtos finais

Para entendermos melhor sobre como funciona o ATR, precisamos entender que seu cálculo está atrelado ao preço dos produtos finais derivados da produção de cana, que, neste caso, são o açúcar e o álcool.

A partir disso entendemos que, quando os preços do açúcar e do álcool oscilam, o preço do ATR também tende a sofrer alterações.

A tabela abaixo, produzida pela CONSECANA, representa um pouco dessa variação nos últimos meses:

Preço do KG do ATR 2020

Dessa forma, em épocas em que há excesso de oferta do produto, o preço do ATR irá cair.

Normalmente a maior oferta de produto ocorre no meio da safra, por isso é normal que os preços desses produtos sejam menores em razão do alto nível de estoque.

Portanto, no meio de safra, o ATR tende a mudar. Já na entressafra, onde a oferta é menor, a tendência é que ocorra o contrário, ou seja, o valor do ATR irá se elevar.

Diante dessa variação natural do valor do ATR, a seguinte questão pode ser levantada por produtores de cana de açúcar:

Há a possibilidade de melhorar o ATR durante a safra da cana de açúcar para lucrar mais com a atividade?

A resposta é SIM e a administração rural terá uma função extremamente importante neste sentido!

 

Administração rural: Permite ganho de ATR e aumento da lucratividade

Como vimos, o ATR é um indicativo da qualidade da cana de açúcar, já que indica o potencial da planta em ser convertida em açúcar e álcool após a colheita.

Neste cenário, via administração rural, conseguimos melhorar a qualidade da cana e, por consequência, seu ATR.

Isso irá valorizar nosso produto entregue às usinas, que pagará mais pela qualidade superior.

Para isso é preciso entender que muitos são os fatores que impactam na qualidade tecnológica da cana-de-açúcar e, em consequência, no ATR.

Neste sentido, os seguintes fatores associados à administração rural são os mais importantes, pois influenciam na variação do ATR:

  • Impurezas vegetais (terra, folhas, palha etc);
  • Deteriorações fisiológicas e microbiológicas;
  • Armazenamento (pós-colheita);
  • Tratos culturais (adubação, irrigação etc);
  • Presença de pragas e doenças na cana de açúcar;
  • Clima atípico no período da safra, tais como geadas e chuvas principalmente no inverno;
  • Sequência na indústria, pois em todas as fases do processo industrial há perdas e que precisam ser consideradas.

Há ainda outros fatores que influenciam bastante no valor do ATR, que são o aumento das impurezas minerais e vegetais, propiciados pelo corte mecanizado, e as variedades da cana.

 

Como a administração rural na minha fazenda pode melhorar o ATR?

Como vimos até agora, para termos maiores ganhos em ATR pago pelas usinas, precisamos focar na produção de uma cana com a melhor qualidade possível.

Para isso, precisamos planejar e controlar todos os processos, desde o plantio até a pós-colheita. E para conseguir isso, investir em uma gestão e administração rural bastante eficientes.

Isso permite que possamos desenhar melhor a estratégia para a colheita, o que possibilitará maior rentabilidade por tonelada produzida.

Mas como fazer isso?

A melhor alternativa para auxiliar nesse planejamento é adotar um bom software de gestão agrícola.

Essa ferramenta permite que você tenha um gerenciamento completo de toda a atividade canavieira, desde a gestão de insumos, maquinários, funcionários e, finalmente, auxiliando no próprio cálculo de ATR.

ATR da Cana-de-Açúcar

Assim, para uma gestão eficiente da produção da cana de açúcar e busca pelo aumento do ATR, o uso de um software de gestão agrícola específico para fazendas, caso do CHBAGRO, se torna bastante importante.

O CHBAGRO, baseado em mais de 70.000 programas e dados de mais de 600 fazendas em todo Brasil, conecta as áreas operacional e administrativa de sua fazenda e isso resultará em um controle administrativo bastante eficiente.

Ao realizar toda a administração rural com o apoio deste tipo de software de gestão, os impactos serão imediatos, com os produtores sentindo a diferença com a melhoria da gestão agrícola dentro da fazenda.

 

Conclusões

O ATR é a forma mais adotada pelas usinas para realizar o pagamento aos seus fornecedores.

Assim, todo produtor precisa ter a melhor qualidade da cana de açúcar no momento da colheita, somente assim o valor pago será maior.

Para conseguir isso, diversos fatores administráveis precisam ser controlados pelo produtor. Estes irão melhorar a produção da cana como um todo e aumentarão sua qualidade.

Por fim, a escolha de um bom software de gestão e administração rural será fundamental para controlar todos os fatores, elevando a produtividade e a qualidade da cana de açúcar como um todo.

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Diego Cruz
Diego Cruz
Sou Zootecnista (FZEA/USP) e mestre em produção animal sustentável pelo Instituto de Zootecnia. Atualmente sou produtor de conteúdo para a internet.

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.