Máquinas e Implementos Agrícolas na colheita da cana-de-açúcar

Publicado em 24/12/2020

Atualmente as máquinas e os implementos agrícolas auxiliam em melhores rendimentos operacionais, aumentos em produtividade e redução de custos nos canaviais.

A mecanização nas operações da cultura da cana vem se intensificando desde 1975, baseada na padronização das operações e adequação das máquinas e implementos utilizados.

Com o avanço da mecanização e a interrupção da queimadas, o plantio direto no palhiço e a redução do tráfego intenso de maquinários são boas opções de aposta para o futuro, assegurando maior lucratividade e longevidade aos canaviais.

Máquinas e Implementos na Colheita da Cana-de-Açúcar

Máquinas e implementos agrícolas utilizados na cana

Com a inserção de máquinas e implementos agrícolas na condução da cultura, as fontes de potência se adequaram melhor, assim como treinamento dos operadores e padronização das atividades.

Segundo a NOVACANA, a mecanização dos canaviais e evoluções tecnológicas de manejo contribuíram para que os custos de produção no Brasil se tornassem os menores do mundo.

As operações realizadas na cultura da cana podem ser separadas em quatro atividades:

  1. Preparo do solo: calagem, gessagem, subsolagem, aração e gradagem
  2. Plantio: sulcação, adubação, inserção das mudas, cobertura dos sulcos
  3. Tratos Culturais: cultivo e tríplice operação
  4. Colheita e transporte: corte da cana, transbordos e caminhão

O sistema mais utilizado na reforma do canavial inicia-se com a colheita do último corte da cana, destruição da soqueira, calagem, preparo de solo, arações, gradagens e plantio do novo canavial.

Algumas usinas utilizam rotação de culturas ou plantio de culturas para serem utilizadas como adubos verdes e, dentre elas, destacam-se as leguminosas, crotalária juncea, amendoim e soja.

Tratores

Para as operações de plantio, corte e colheita da cana, tratores da ordem de 200cv a 250cv são muito utilizados de acordo com o tamanho das plantadoras e com a capacidade de carga dos transbordos utilizados em cada fazenda.

Alguns tratores presentes no mercado merecem destaque pela sua eficiência e robustez no campo.

  • John Deere série 7J (200cv - 230cv)

O John Deere 7230J é uma boa opção para a cultura da cana, podendo o produtor escolher modelos já com bitola de 3m de fábrica para realizar controle de tráfego na área, tracionando transbordos em campo.

Esse modelo pode ser configurado com pacote de agricultura de precisão de fábrica para utilização de um piloto automático, assegurando maior longevidade e produtividade do canavial.

JOHN DEERE 7230j
Fonte: John Deere
  • Case Puma linha 200 - 230

O Case Puma 230 possui potência de 234cv, também é um bom equipamento em se tratando do dimensionamento das operações realizadas na cultura da cana.

Esse modelo 230 possui como item de série um sistema chamado APM (gerenciamento automático de produtividade, do inglês), que permite ao operador selecionar a marcha e o trator se encarrega de escolher o ajuste mais adequado, dependendo da carga de trabalho.

Esse sistema possibilita economia de combustível quando comparado ao controle manual, sendo uma boa opção de escolha.

CASE PUMA 230
Fonte: Grupo Cultivar

Transbordos

Existem algumas opções de transbordo a serem utilizados na cultura da cana.

Primeiramente, vale ressaltar que o trabalho com dois transbordos acarreta em maior pisoteio na linha da cultura da cana.

O transbordo deve ser evitado sempre que possível, sendo que, em alguns casos, o segundo transbordo tende a variar em mais de 1,2m nas manobras, pisoteando as linhas da cana e prejudicando a produtividade dos canaviais.

Existem transbordos com maiores capacidades de carga sendo empregados na cultura atualmente.

  • TMA VTX 5022

O transbordo VTX 5022 é um dos mais vendidos dessa empresa, podendo operar com cargas de 21 toneladas por possuir vigas estruturais dimensionadas para estas condições.

Ainda possui quatro eixos, sendo dois deles esterçantes em 30° para facilitar manobras no canavial.

TMA VTX 5022
Fonte: TMA
  • ATA 21500 Antoniosi

Outro transbordo que pode ser uma boa opção para a cultura da cana é o ATA 21500.

Seu chassi é reforçado com perfis de aço tubulares dobrados e sem solda, esses implementos agrícolas são bem robustos para operação em campo e possuem capacidade de carga de 21,5 toneladas, exigindo um trator com potência requerida de cerca de 180cv para tracionar.

ANTONIOSI 21500
Fonte: Antoniosi

Arados

Para opções de reforma ou plantio inicial da cana, os arados de discos e de aiveca são muito utilizados nessa cultura.

  • ARH - Arado Reversível Hidráulico Baldan

O arado reversível hidráulico da Baldan é um dos implementos agrícolas com capacidade de trabalhar em terrenos inclinados pois, pela sua versatilidade, não é necessário fechar quadros de aração.

O arado da Baldan também pode ser utilizado para construção de curvas de nível por possuir múltiplas regulagens nos discos, sendo uma excelente opção às fazendas que demandam um implemento agrícola para estes fins.

BALDAN ARH

Fonte: Baldan
  • Arado Montado Reversível Deslocado MRD HD IKEDA

O arado de aivecas da IKEDA possui versatilidade de ser reversível, podendo operar nos dois sentidos de direção de trabalho, evitando o deslocamento em "vazio" para manobrar e se posicionar, garantindo melhor rendimento operacional.

Muito bom para utilização em canaviais, esses implementos agrícolas propiciam a incorporação da palhada e dos corretivos no solo de até 55 cm de profundidade, segundo o fabricante, melhorando a capacidade de armazenamento de água do solo e fornecimento à cultura da cana.

IKEDA ARADO MONTADO
Fonte: IKEDA

Grades

As grades aradoras e niveladoras são implementos agrícolas utilizados no preparo inicial do solo.

Existem diversos tipos de grades aradoras disponíveis, desde as mais leves às mais pesadas.

Podem apresentar um maior número de discos e também variar no diâmetro dos mesmos.

Cabe a cada fazenda selecionar o equipamento de acordo com tipo de solo e operação desejada.

  • GTCR 34/40 Discos - Grade Aradora Pesada Controle Remoto

Essa grade aradora da Baldan pode ser utilizada no preparo inicial do solo e incorporação de insumos em profundidade.

BALDAN GRADE ARADORA PESADA
Fonte: Baldan
  • Grade Aradora Intermediária Controle Remoto - Baldan

Essa grade aradora da Baldan é indicada para o trabalho na cultura da cana de açúcar após a utilização de uma grade pesada na correção do perfil do solo.

BALDAN GRADE ARADORA
Fonte: Baldan
  • Grade Niveladora Tatu Marchesan

As grades niveladoras são implementos agrícolas utilizados no destorroamento, nivelamento e incorporação de herbicidas.

A grade niveladora da Tatu Marchesan possui bom desempenho operacional e deixa o solo em condições ideais para o plantio da cana, pois possui discos recortados na frente e lisos atrás, permitindo um melhor acabamento do preparo do solo.

TATU MARCHESAN GRADE NIVELADORA
Fonte: Tatu Marchesan

Cultivadores

Os cultivadores são implementos agrícolas de grande versatilidade na cultura da cana, uma vez que realizam a tríplice operação: escarificam, adubam e cultivam o solo.

  • Cultivador Novo São Francisco com haste simples DMB

O Cultivador de múltiplo uso Novo São Francisco da DMB realiza a tríplice operação sem a necessidade de troca de kits para realização do trabalho.

Ainda possui rolos destorroadores e acamadores que são oscilantes e permitem que a palhada seja incorporada ou não no solo.

DMB ADUBADOR
Fonte: DMB

Colhedoras

A operação de colheita é essencial para o sucesso da atividade canavieira.

  • CH670 John Deere

A colhedora CH670 da John Deere consegue realizar a colheita de duas linhas de cana no espaçamento alternado (0,90m x 1,50m).

Possui suporte para agricultura de precisão como piloto automático e sistema EconoFlow, que permite que os sistemas de alimentação, limpeza e hidráulico sejam mais eficientes, assegurando um fluxo mais uniforme de cana até o picador.

JOHN DEERE CH670
Fonte: John Deere
  • Case A8810

A Case A8810 também é uma excelente escolha para a colheita da cana e ainda tem a possibilidade de escolha para espaçamento duplo alternado ou uma linha.

Com sistema Smart Cruise e suporte para agricultura de precisão, permite redução no consumo de combustível, função automática de manobra e ventilador inteligente do radiador.

Possui console com botões operacionais para facilidade de operação e possibilidade de acoplamento de câmeras com imagens integradas ao monitor AFS PRO700+.

Colhedora A8810
Fonte: Case

 

Conclusão

As máquinas e os implementos agrícolas facilitam as operações em campo, na cultura da cana, e asseguram maiores rentabilidades, além da vida útil do canavial.

O dimensionamento correto da frota pode acarretar em redução de custos e aumento do rendimento operacional do maquinário da fazenda.

Cabe a cada gestor selecionar no mercado as melhores opções de máquinas e implementos agrícolas disponíveis, de acordo com as necessidades das suas fazendas, presença de assistência técnica na região e custos com reparo e manutenção.

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Luis Gustavo Mendes
Luis Gustavo Mendes
Sou Engenheiro Agrônomo e Licenciado em Ciências Agrárias pela ESALQ/USP em Piracicaba-SP. Mestre em Engenharia de Sistemas Agrícolas, tema "Agricultura de Precisão" na mesma Instituição. Atualmente sou professor e empreendedor.
Linkedin

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.