Máquinas, Implementos e operações do plantio da Cana

Publicado em 15/01/2021

O plantio da cana-de-açúcar deve ser planejado e executado com muito rigor, afinal, o canavial permanece na área por vários anos até a sua reforma e nesse tempo objetiva-se obter a melhor produtividade.

Por isso, é essencial realizar uma boa escolha das máquinas, implementos e operações para o plantio. Confira mais sobre o assunto a seguir!

Máquina para Plantio da Cana-de-Açúcar

Planejamento de operações e máquinas para o plantio da cana-de-açúcar

Os tipos e características das máquinas e implementos utilizados nas lavouras de cana-de-açúcar dependem muito do sistema de plantio, solo, tecnologia adotada e época de plantio (12 meses, 18 meses e inverno).

E, como sempre falamos, é muito importante realizar o planejamento das atividades/operações e também das máquinas e implementos agrícolas que serão utilizados, afinal, a cultura permanecerá no campo por pelo menos 4 safras e qualquer erro nessa etapa compromete toda a vida útil do canavial.

Esse planejamento deve ser realizado antes mesmo de iniciar o plantio, para ter a estrutura a ser utilizada no plantio com todas as atividades necessárias e as máquinas que serão utilizadas.

Isso deve ser realizado com muito critério, pois irá representar o sucesso de todo o investimento realizado e o resultado esperado (lucratividade).

Para planejar as máquinas e operações você deve levar em conta o que é melhor para a sua propriedade, de acordo com a tecnologia adotada pela empresa rural, condições de solo e outras variáveis.

Como comentamos, as operações de plantio dependem do tipo de sistema de plantio adotado, sendo que existem 3 sistemas de plantio para cana-de-açúcar: convencional, plantio mínimo e plantio direto.

Lembrando que, para a escolha do sistema, observe as características da sua propriedade e da tecnologia adotada.

Sistema Convencional

O sistema convencional de preparo do solo pode envolver as operações de aragem, gradagem e subsolagem, isso irá depender das condições do solo para definir qual operação utilizar.

Esse sistema prepara a área toda, combinando as operações para eliminação de soqueira e incorporação de corretivos para o solo ficar pronto para o plantio.

Sistema de Plantio Mínimo

O sistema de cultivo mínimo realiza o revolvimento mínimo do solo para o preparo do solo que é concentrado na linha de plantio, composto normalmente por uma subsolagem e antes pode realizar a erradicação da soqueira com herbicida. Ele é indicado para locais onde não ocorre forte compactação.

Tanto no sistema de plantio mínimo quanto o convencional é realizado a sulcação do solo para o plantio da cana e, após isso, cobre esse sulco podendo ser em uma mesma operação por plantadoras ou por operação separada.

Sistema de Plantio Direto

No plantio direto da cana somente é realizado a sulcação, sendo recomendado para solo que apresente altos índices de restos vegetais e baixa compactação.

 

Operações do plantio da cana-de-açúcar

Existem várias operações envolvidas no plantio da cana, e essas operações dependem do tipo de plantio, como comentamos acima.

As operações de sistematização da área também devem ser pensadas e planejadas para o plantio de cana.

Depois da sistematização, deve-se realizar o preparo do solo, que pode ser em área total ou parte da área, como vimos nos três tipos de plantio.

Para o preparo do solo deve-se realizar a eliminação da soqueira para a reforma do canavial, que pode ser química, com herbicidas, ou mecânica, com operações como aragem, gradagem ou com o eliminador mecânico de soqueiras.

Cana-de-Açúcar

Para a definição do tipo de plantio e das operações a serem realizadas deve-se observar a compactação do solo e o tipo de solo. Se o solo estiver com alta compactação, deve-se realizar o plantio convencional.

No sistema de plantio convencional podem ser realizadas as operações para o preparo do solo como: aração ou gradagem pesada, subsolador, gradagem intermediária e gradagem de nivelamento.

Já no preparo reduzido é mais indicado onde não há forte compactação do solo, nem barreiras químicas que precisam da incorporação de calagem e gessagem e nem problemas de solo que precisam de forte intervenção no preparo do solo. A subsolagem é realizada na linha de plantio.

No plantio direto o solo não é revolvido, somente é realizada a sulcação na linha de plantio.

A sulcação, a distribuição das mudas no sulco e a cobertura dos sulcos pode ser realizado nos sistemas mecanizado, semi-mecanizado ou manual (redução do número de áreas que utiliza este sistema).

Na operação de sulcação se atente para a profundidade do sulco, pois isso interfere na longevidade do canavial. A profundidade do sulco recomendada, normalmente, é em torno de 20-30 cm.

A escolha das máquinas, como os tratores, é em relação a potência que é exigida pelos implementos que serão utilizados no plantio da cana-de-açúcar.

 

Máquinas e implementos do plantio da cana-de-açúcar

Existem muitas máquinas, implementos, marcas e modelos que podem ser utilizados no plantio da cana-de-açúcar, a escolha depende muito de cada tipo de plantio, tecnologia da empresa rural e do custo.

Por isso, é importante ficar atento às novas tecnologias que estão sendo lançadas para otimizar a sua operação.

A plantadora está sendo muito utilizada principalmente com o plantio mecanizado da cana. As novas tecnologias desse implemento permitem realizar as operações de sulcação, adubação, distribuição das mudas, aplicação de defensivos agrícolas (inseticida ou fungicida) e a cobertura dos sulcos.

Essas plantadoras possuem cada vez mais sistemas de monitoramento e sistemas que apresentam maior controle da operação.

Existem várias opções no mercado de plantadoras que apresentam sulcadores, aplicação de adubo, defensivos, cobertura dos sulcos, maior capacidade e autonomia dos compartimentos e monitoramento do plantio, como os exemplos a seguir:

  • Plantadora PTX 7010
Plantadora PTX 7010
Fonte: TMA máquinas
  • Plantadora PCP 6000
Plantadora PCP 6000
Fonte: DMB

Além das plantadoras também há opções para o plantio manual, como é o caso de sulcadores que podem apresentar dispositivos para adubação e distribuição de óxidos.

Lembre-se que a escolha da melhor máquina e implemento depende da sua propriedade, da sua necessidade e do custo-benefício.

Por exemplo, para escolher entre o plantio mecanizado e o manual, além de tecnologia e mão-de-obra, também é importante entender qual o custo de cada operação, o que consegue reduzir de insumos, mudas e gastos de cada uma das opções.

E sempre recomendamos que cada empresa rural deve realizar a sua escolha de acordo com oportunidades e sempre observando a escolha que favorece a maior lucratividade da empresa.

 

Conclusão

O plantio da cana-de-açúcar é uma das operações de extrema importância na lavoura, pois o canavial permanece na área por vários anos até a sua reforma.

Por isso, realize a escolha das operações, máquinas e implementos agrícolas que melhor entregue lucratividade para o seu canavial.

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Gressa Chinelato
Gressa Chinelato
Sou Engenheira agrônoma, mestra em Ciências/Fitopatologia (Esalq/USP) e MBA em agronegócios. Atualmente, estou cursando Doutorado no departamento de Fitopatologia na Esalq e MBA em Gestão de Projetos.
Linkedin

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.