Plantio de Soja: Como Garantir uma Lavoura Produtiva

Publicado em 31/05/2021

Preencha o formulário abaixo para baixar o pdf

Já sabemos o quanto a soja é importante para a agricultura e para a economia em nosso país, sendo o grão mais produzido no Brasil. E para ter uma lavoura produtiva e com lucro é essencial realizar um bom plantio de soja.

Plantio de Soja

Por isso, neste texto vamos falar como realizar um bom plantio para ter uma lavoura de soja produtiva e com lucro para sua empresa rural, confira!


Índice de Conteúdo (clique e vá direto ao assunto que procura)


Como Otimizar o Plantio de Soja?

Para ter sucesso em uma plantação, comece uma lavoura de forma assertiva, ou seja, realize um bom plantio.

Você deve estar se perguntando, mas como realizar o plantio de forma assertiva e otimizar o plantio de soja?

O primeiro ponto você precisa fazer é um planejamento agrícola bem feito, englobando todas as atividades que devem ser realizadas antes e durante o plantio, operações, máquinas e implementos agrícolas, escolha de sementes, época de plantio, questões econômicas e outros pontos.

Assim, com um bom planejamento você otimiza o seu plantio de soja e realiza as atividades e operações de forma assertiva.

Além disso, para um bom planejamento, você precisa conhecer a cultura da soja, as condições da sua região, para realizar o plantio de forma adequada para a sua propriedade.

Falando em época de plantio, este se inicia depois do vazio sanitário, que é um período em que não se pode plantar soja ou ter plantas voluntárias no campo, período de no mínimo de 60 dias, que tem como objetivo reduzir a sobrevivência do fungo que causa a ferrugem asiática, considerada a principal doença da cultura.

Você sabe se a sua região tem vazio sanitário e até quando ele se estende? Veja a figura a seguir com o período do vazio sanitário para cada região.

Períodos de Vazio Sanitário
Fonte: Embrapa

 

Planejamento do Plantio de Soja

Outro ponto importante para o planejamento do seu plantio de soja é a escolha da cultivar a ser utilizada na sua plantação.

A escolha da cultivar de soja irá depender da região de plantio, do ciclo da cultivar (grupo de maturação) em relação a adaptação da região e também da cultura subsequente, produtividade, características agronômicas em relação à resistência de pragas e doenças e a relação custo/benefício.

E não se esqueça de adquirir sementes de boa qualidade. Além disso, verifique a necessidade do tratamento de sementes e de inoculante.

O espaçamento entre linha e entre plantas deve ser configurado de acordo com os maquinários utilizados, da tecnologia da fazenda e da cultivar escolhida para o plantio.

Além da escolha da cultivar, você deve levar em consideração a previsão do tempo e as condições climáticas para a semeadura da soja. Não realize o plantio com temperatura abaixo de 20°C do solo, a temperatura considerada ideal é entre 20-30°C.

Além disso, realizar a semeadura com umidade do solo muito baixa pode favorecer falhas na lavoura, pois para um bom estande de plantas, a umidade é essencial.

Por isso, a previsibilidade do clima é de extrema importância para ter uma lavoura bem formada. Realize a semeadura na época mais adequada para a sua região.

Além deste conhecimento, para planejar e realizar um plantio que apresente boas perspectivas para a lucratividade da lavoura conheça as atividades e operações do plantio de soja.

Mas, antes de iniciar qualquer operação na sua fazenda, você precisa saber como está a condição do solo da área de plantio, ou seja, realize uma análise de solo.

Para a análise de solo defina a região que irá plantar para realizar uma amostragem representativa da área, isso faz toda diferença.

Lembrando que a amostragem de solo deve ser realizada 3 meses antes de iniciar o plantio, para dar tempo de realizar as operações de correção de solo.

Para soja, normalmente, se realiza a amostragem de solo de 0-20 cm de profundidade, realizando várias subamostras para representar o local.

Se faz muito tempo que não realiza amostra em maior profundidade ou se suspeita de acidez em subsuperfície, realize a amostragem até 40 ou 60 cm, para determinar se a necessidade de gessagem.

Preparo do Solo para Soja

Operações e Atividades do Plantio de Soja

Depois de ter realizado a análise de solo, você precisa fazer a interpretação, ou seja, verificar quais são as recomendações para a área de plantio de soja.

Com a análise de solo você verifica se a área precisa de calagem, gessagem e qual a quantidade e qual adubo irá precisar.

Um ponto importante para a análise de solo é que, para cada região, a interpretação pode mudar de acordo com os métodos utilizados para a análise do solo.

Por isso, para te ajudar com a interpretação da análise de solo, procure um(a) engenheiro(a) agrônomo(a).

Depois de realizar a análise de solo, você precisa se atentar quanto às operações do plantio de soja.

Para determinar quais operações a serem realizadas na sua propriedade, verifique qual sistema de plantio será utilizado: Plantio direto ou o plantio convencional.

A escolha do sistema irá depender da propriedade e da tecnologia empregada.

O plantio convencional realiza várias operações que revolvem o solo, além de ser utilizado em fazendas que optam por essa opção de sistema de cultivo, também é bastante utilizado em solos compactados.

No sistema de plantio convencional, o solo é revolvido primeiramente com grade pesada ou arado, que incorpora os restos culturais e mantem a área com baixa infestação de plantas daninhas.

Depois pode-se realizar o destorroamento com uma ou duas gradagens, o nivelamento do solo com grade niveladora e somente depois é que se realiza a semeadura da soja.

Já o sistema de plantio direto preza por garantir as características químicas, físicas e biológicas do solo, com mínimo revolvimento e maior cobertura do solo.

Este sistema tem como pilares o não revolvimento do solo, ter o solo coberto permanentemente e ter rotação de culturas.

Princípios do Sistema de Plantio Direto
Fonte: Adaptado de Febrapdp

Assim, as operações convencionais de aração, gradagem e remoção do resíduo vegetal da superfície do solo não são realizados no plantio direto, ou seja, a semeadura é realizada sobre a palhada (resíduos) de outras culturas.

Para utilizar este sistema de plantio, além da tecnologia da propriedade  e da rotação de cultura, a área de plantio não pode apresentar compactação.

Nos últimos anos, houve uma evolução do plantio direto no Brasil em todas as culturas, como mostra na figura abaixo, e isso não foi diferente para soja.

Evolução do Plantio Direto no Brasil
Fonte: Febrapdp

Durante as operações de plantio, você deve se atentar à profundidade de semeadura que normalmente é entre 3 a 5 cm e a velocidade de plantio.

Altas velocidades podem favorecer a ocorrência de falhas no estande da lavoura, velocidades entre 4 a 6 km/hora são consideradas ótimas para o plantio de soja.

Para a escolha de máquinas e equipamentos agrícolas você precisa entender o sistema de plantio da sua propriedade, o tamanho do seu plantio, a dinâmica do plantio das áreas de soja da sua fazenda e a relação custo/benefício das máquinas em relação ao seu plantio e tecnologia da sua propriedade.

Outro fator importante para se ficar de olho na plantação de soja é a presença de plantas daninhas no pré e pós-plantio.

E para te ajudar com o planejamento do plantio de soja, das operações e atividades relacionadas com a plantação, além do acompanhamento da parte econômica da lavoura de soja, você pode utilizar softwares agrícolas.

O auxílio de um software agrícola te auxilia no bom andamento da lavoura, principalmente pela gestão integrada e economia de custos.

O CHBAGRO é um desses softwares que podem deixar seu planejamento e administração agrícola mais fácil.

CHBAGRO - O único software completo para produtores rurais do Brasil.

Conclusão

O plantio é uma das etapas essenciais para que você tenha um bom estande da cultura e para ter ótimas perspectivas de boa produção.

Por isso, neste texto falamos sobre o planejamento desta etapa da lavoura de soja, das atividades e operações do plantio da soja.

Agora que você sabe mais sobre esses pontos, otimize a sua plantação de soja e aumente a lucratividade da cultura!

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Gressa Chinelato
Gressa Chinelato
Sou Engenheira agrônoma, mestra em Ciências/Fitopatologia (Esalq/USP) e MBA em agronegócios. Atualmente, estou cursando Doutorado no departamento de Fitopatologia na Esalq e MBA em Gestão de Projetos.
Linkedin

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.