Reforma do Canavial: Prós e Contras a Rotação com Soja

Publicado em 03/03/2023

Preencha o formulário abaixo para baixar o pdf

Para a obtenção de bons resultados na agricultura, deve-se considerar sistemas de produção mais sustentáveis. Para a cultura da cana-de-açúcar não é diferente, de modo que se espera que o sistema promova boa produtividade e longevidade do canavial, aliado à conservação do solo.

Após o plantio do canavial e ciclos sucessivos de colheita, a produtividade da cana-de-açúcar é drasticamente reduzida a um ponto que não é mais viável economicamente realizar a colheita.

Este é o momento para realizar a reforma do canavial. A etapa de reforma é uma atividade complexa que envolve diversos fatores, dentre eles fatores técnicos, fatores operacionais e fatores financeiros.

Assim, esta etapa requer um bom planejamento e otimização das atividades para evitar gastos desnecessários.

Neste momento de reforma do canavial, o produtor pode optar por fazer o plantio da cana imediatamente após a colheita e retirada das plantas da área ou realizar rotação de culturas.

Rotação de Cultura Cana e Soja

A rotação de culturas é capaz de promover significantes melhorias nos aspectos agronômicos, no que diz respeito à qualidade do solo, e, em termos econômicos, pela possível redução nos custos para a cultura da cana-de-açúcar, uma vez que representa redução no uso de insumos e geração de uma nova fonte de renda, em especial no caso da rotação com soja.

O planejamento é fundamental para o sistema de produção no que diz respeito ao sucesso na implantação de rotação de cultura com a cana, na adoção de agricultura sustentável, na longevidade do canavial e no aumento de lucro na propriedade.

Sistemas de produção sustentáveis na propriedade são um desafio para produtor, mas com resultados bastante promissores.

As etapas de manejo do solo e plantio da cana necessitam de bastante conhecimento técnico e planejamento, de modo a obter sucesso e eliminar ou reduzir possíveis problemas no decorrer do processo de produção da planta.


Índice de Conteúdo (clique e vá direto ao assunto que procura)


Reforma do Canavial

Após o plantio do canavial e ciclos sucessivos de colheita, é possível obter em torno de 3 a 6 colheitas na mesma área, contudo, este número depende de diversos fatores como a variedade plantada, as condições climáticas do local, o manejo adotado, qualidade de colheita, a disponibilidade de água e fertilizantes e o controle de pragas, doenças e plantas daninhas.

Após este período, a produtividade do canavial tende a reduzir de maneira considerável até não ser economicamente viável realizar outro ciclo e, a partir deste momento, recomenda-se realizar a reforma do canavial.

A reforma do canavial consiste no plantio de um novo canavial e, consequentemente, engloba todas as etapas de preparo do solo até o plantio das mudas.

A reforma do canavial é uma decisão que deve ser tomada pelo produtor, com base em seus objetivos e metas, pois há um alto custo exigido nessa operação. Assim, esta etapa deve ser feita baseada em um bom planejamento para se obter melhores resultados.

Há duas opções a serem consideradas neste momento: o plantio da cana imediatamente após a retirada das plantas submetidas a vários ciclos sucessivos de produtividade e a adoção da rotação de culturas.

Rotação de Cultura Cana e Soja

Rotação de Cultura Cana x Soja

Sabe-se que o manejo do solo é fundamental para obtenção de boas produtividades.

Sendo assim, a rotação de cultura vem como uma alternativa que visa a adoção e aprimoramento de práticas conservacionistas e, consequentemente, a manutenção e a longevidade do canavial, obtendo boas produtividades e aumento no lucro.

A rotação de cultura, desse modo, tem sido uma alternativa adotada pelos produtores que traz benefícios econômico e ambiental.

Geralmente, a rotação de cultura é feita com culturas cujas plantas são utilizadas como adubos verdes, isto é, no momento certo as plantas são dessecadas ou incorporadas ao solo, adicionando matéria orgânica e nutrientes.

No caso da cana-de-açúcar, entretanto, a cultura da soja vem sendo atualmente utilizada na reforma do canavial pelos produtores como uma segunda fonte de renda, em substituição à cultura do amendoim.

A reforma do canavial com soja é uma alternativa que tem gerado resultados, podendo-se citar, por exemplo:

  • Redução nos custos do plantio do novo canavial devido à redução nas operações mecanizadas de aração, gradagem e aplicação de insumos e fertilizantes;
  • Aumento na eficiência do uso do solo e da mão de obra;
  • Produção de grãos e, consequentemente, aumento da renda dentro da mesma área;
  • Aumento da longevidade e produtividade do canavial.

De modo geral e simplificado, a rotação com a cultura da soja envolve as seguintes operações:

Gestão de Custos com CHBAGRO

Solo e Rotação de Culturas

O solo é o meio de crescimento e desenvolvimento das plantas e, com isso, é um fator de extrema importância a ser considerado no sistema de produção.

É fundamental, portanto, realizar um bom manejo para mantê-lo produtivo e com potencial para disponibilizar água e nutrientes para as plantas, além de diversos outros benefícios para o sistema agrícola produtivo.

No solo, a adoção da rotação de cultura cana-de-açúcar com a soja pode:

Porém, além dos diversos benefícios da adoção da soja em rotação no momento da reforma do canavial, sempre há alguns desafios a serem levados em consideração e dentre eles destaca-se o manejo da cultura adicional e o planejamento do sistema.

Com relação ao manejo, o conhecimento técnico é fundamental na seleção da variedade de soja a ser implantada, assim como o ciclo da cultura (curto a médio), na avaliação das condições edafoclimáticas da região e no controle de pragas e doenças.

Interligado a isso, o planejamento e uma boa gestão agrícola é imprescindível para o sucesso do sistema agrícola adotado na propriedade.

CHBAGRO - O único software completo para produtores rurais do Brasil.

Sabendo que tanto a cana-de-açúcar como a soja são duas culturas de elevada importância agrícola, o planejamento da reforma do canavial e rotação com a soja deve ser feito de modo que a soja não afete o planejamento da reforma do canavial.

Em resumo, a implementação de uma nova cultura na área exige também o planejamento da safra, desde o preparo do solo até o momento da colheita, de modo a se ter a devida organização das etapas para garantir boas condições para os cultivos seguintes e análise dos custos.

 

---

Saiba mais sobre o único Software Agrícola completo do Brasil!

Fale com analista CHBAGRO

CHBAGRO já atende 600 fazendas em todo país.

Se preferir, envie um e-mail para contato@chbagro.com.br ou ligue 16) 3713.0200.

 

Tamires Teles de Souza
Tamires Teles de Souza
Sou Engenheira Agrônoma formada pelo IFSULDEMINAS – campus Inconfidentes, Mestre em Ciências pela ESALQ/USP e doutoranda em Solos e Nutrição de Plantas pela ESALQ/USP.
Linkedin

Artigos Relacionados

VOLTAR

Ao clicar no botão “aceito”, o titular dos dados dará permissão para a captação e tratamento de seus dados para que o controlador dos dados os utilize de maneira a atingir suas pretensões pessoais, balizadas pela lei 13.709/18. Cumpre informar que ao clicar em “aceito” o titular dos dados concorda integralmente com a política de privacidade da empresa, disponível em: Política de Privacidade.